Recife (PE), Brasil

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Cultura: Cuba, capital Olinda

Em sua sexta edição, festival de música da cidade pernambucana apresenta grandes artistas de Havana
Adriana Prado

AGITAÇÃO Shows da Mimo acontecem nas igrejas e nas praças de Olinda

A praça da Catedral de Havana, no centro histórico da capital cubana, é ponto turístico da cidade não só pela bem conservada construção barroca do século XVIII que lhe dá nome, mas, também, pela intensa movimentação de músicos cujo repertório inclui canções do Buena Vista Social Club. Esse grupo virou fenômeno mundial após o lançamento do disco homônimo, em 1997, e ganhou mais visibilidade ainda, dois anos depois, devido ao documentário feito pelo diretor alemão Wim Wenders.

Amadito Valdés e Barbarito Torres, dois remanescentes da banda, são as grandes atrações da Mostra Internacional de Música em Olinda (Mimo), que acontece nessa cidade histórica pernambucana a partir da quarta-feira 2. O local da apresentação não poderia ser mais adequado: a praça da Igreja do Carmo, que, como a da Catedral de Havana, se tornará uma atração também pela música. "Conheço e desfruto muito da música brasileira. Sou até membro internacional da União de Bateristas do Brasil", disse o percussionista Amadito Valdés à ISTOÉ, citando colegas brasileiros como Chico Batera. Para Valdés, "a música brasileira e a cubana são irmãs".

Veja na íntegra em: Revista Isto É

Nenhum comentário:

Postar um comentário