Recife (PE), Brasil

domingo, 17 de abril de 2011

Chegada a Madrid e Maratona (Dias 15 a 17/4)

No dia 15 (sexta) pela manhã, Marinês, Julio e Jacque foram fazer uma corridinha pela cidade de Bordeaux antes de viajarmos. Fiquei um pouco preocupado porque demoraram muito a retornar, mas no final deu tudo certo, já que a viagem seria só às 13h15.

A viagem de Bordeaux para Madrid foi longa, pois fez um conexão em Irun, primeira estação já na Espanha. De lá para Madrid foram mais 6 horas de viagem. Para passar o tempo, ficamos tomando cerveja no bar do trem, o que tornou a viagem bastante agradável e mais rápida. O trem chegou em Madrid pontualmente às 22h. A melhor notícia do dia foi que finalmente consegui carregar a bateria de minha máquina no hotel.

No dia seguinte fomos à feira da Maratona e depois fomos visitar o Estádio Santiago Bernabeu, do Real Madrid. Tentamos comprar ingressos para o jogo Real Madrid x Barcelona, que aconteceria naquela noite, mas só encontramos ingressos na mão dos cambistas a 200 Euros, com aparência de falsificados.

Por volta das 18h, eu e Marinês voltamos ao hotel para descansarmos para a corrida do dia seguinte, pois ela estava tossindo muito e eu não estava muito bom do estômago, provavelmente em função da cervejada no trem.

No domingo pela manhã, já estava me sentindo melhor mas ainda estava preocupado de não conseguir fazer a corrida toda.

Entretanto, já na caminhada do hotel ao local da largada (cerca de 1km) senti-me mais confiante.





A largada foi bastante tranquila, pois o número de pessoas era muito menor que em outras maratonas que já participamos.


Larguei para a corrida dos 10km ao lado de Geovanna e Ana Cristina e aproveitei para tirar fotos de Geovana e ela de mim durante o percurso, pois Ana Cristina ficou um pouco para trás.



O percurso não tem tantas belezas quanto em Paris. São avenidas largas com alguns prédios e praças imponentes, mas nada muito diferente de São Paulo, por exemplo. Talvez na maratona haja coisas mais interessantes para se ver.


O ponto mais marcante é o Santiago Bernabeu, em cujo contorno fazermos o retorno dos 5km.



Felizmente, senti-me muito bem durante todo o percurso. O clima estava bastante agradável mas sentimos sede devido ao clima seco e ao fato de só haver um ponto de água entre os km 5 e 6.


Ao chegar no parque e avistar a linha de chegada, sentia-me cheio de energia e, ao ver à distância que o relógio passava de 1h12, acelerei para tentar chegar antes de 1h13, o que daria abaixo de 1h10 líquido, já que passamos na largada por volta de 1h03.



Assim, acabei me esquecendo da Geo, que me acompanhou durante todo o percurso. A vantagem pra ela é que acabei tirando a foto dela chegando em tempo real. Depois ela tirou minha foto, o que segundo ela, prova que ela chegou primeiro. rsrsrs.

Brincadeiras à parte, considero que corremos juntos e chegamos juntos, pois um dava força ao outro e esperava um pouquinho ou acelerava para não nos afastarmos muito.


Alguns minutos depois, chegou Ana Cristina e voltamos para o hotel.


Agora estamos no café ao lado do hotel, aproveitando que tem wi-fi grátis, já que no hotel custa 6,50 euros a hora. Daqui a pouco voltarei para o ponto de chegada para esperar Marinês.

2 comentários:

Anônimo disse...

Adorei Biluuuu!!!! Bjs
Geovanna

Edilson Queiroz disse...

Eu que adorei correr ao seu lado, Geovanna. Que venham outras corridas juntos pelo Brasil e pelo mundo. Abraço, Edilson.

Postar um comentário