Recife (PE), Brasil

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Aécio é flagrado sem habilitação e se recusa a soprar o bafômetro

Fonte: Brasília Confidencial - 18/04/2011

Blitz da Lei Seca na esquina das ruas Bartolomeu Mitre e General San Martin, no bairro do Leblon, capital fluminense, três horas da madrugada de domingo(17). Fiscais mandam uma camionete Land Rover parar. Quem está ao volante, é o senador Aécio Neves(PSDB-MG), com a carteira de habilitação vencida.

Acompanhado de sua namorada, o ex-governador voltava de uma festa e estava a menos de três quarteirões de casa quando foi parado. A secretaria de Segurança Pública informou que o documento vencido foi apreendido e o parlamentar multado em R$ 1.149,24– R$ 957,70 por se recusar a fazer o teste do bafômetro e R$ 191,54 por estar dirigindo com habilitação sem validade.

Serão 14 pontos na carteira do senador – sete por não fazer o teste que mede o nível de álcool no sangue e sete pela infração de dirigir sem documento válido.Em nota divulgada à tarde (leia abaixo), a assessoria de Aécio negou que ele tenha se recusado a fazer o teste do bafômetro, alegando que “o mesmo não foi solicitado”.

Não se sabe se a modelo Letícia Weber, namorada do ex-governador, ou por não ser habilitada, ou por estar alcoolizada, não pôde encaminhar o veículo até a residência, há três quadras da blitz. O parlamentar teve de pedir ajuda a um taxista para levar a Land Rover.

Aécio passou o dia no Rio de Janeiro, mas não quis falar com a imprensa. Ele ou alguém com procuração para representá-lo, terá que se dirigir ao Detran-RJ para pagar a multa. O senador só pode voltar a dirigir, após passar pelos procedimentos de renovação da carteira, que incluêm aulas de “Primeiros Socorros” e “Direção Defensiva”.

O ex-governador agora têm poucas opções: ou vai para a sala de aula rever conceitos fundamentais à boa direção, ou contrata um motorista e tenta abafar o caso que manchou seu curriculum.

Assessoria emite nota e desmente que senador tenha recusado o teste

“Na noite deste sábado para domingo (17-04-11), o senador Aécio Neves jantou nas redondezas de seu apartamento no Rio de Janeiro. Ao retornar à sua residência, foi abordado durante blitz policial quando foi constatado o vencimento da validade do seu documento de habilitação como motorista.

Em respeito à legislação vigente, o senador entregou a habilitação ao agente e, seguindo as orientações recebidas, providenciou um condutor habilitado – um taxista que se encontrava no local – que dirigiu seu veículo até sua residência a poucos quarteirões.

Com relação às notícias veiculadas sobre o uso ou não do bafômetro, essa assessoria informa que, uma vez constatado o vencimento do documento de habilitação e providenciado outro motorista para condução do veículo, o mesmo não foi realizado. O senador cumprimentou a equipe policial responsável pelo profissionalismo e correção na abordagem feita aos motoristas durante a blitz.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário