Recife (PE), Brasil

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Seu Direito: Protetores solares são reprovados pela Proteste

Uma avaliação feita pela Pro Teste reprovou oito dos dez protetores com FPS 30 mais usados no país. Além disso, sete marcas foram reprovadas por conter na composição o benzophenone-3, um ingrediente que já é proibido em outros países por ser potencialmente cancerígeno. Os melhores do teste foram considerados o L’Oréal Solar Expertise e o Cenoura & Bronze.

Foram avaliados os produtos Avon Sun, L ‘ Oréal Solar Expertise, Cenoura & Bronze, Hélioblock da La Roche-Posay, Episol Loção Oil Free, Coppertone Loção, Sundown Complex, Natura Fotoequilíbrio, Nívea Sun e Banana Boat Bloqueador Solar Ultra.

No teste, foram examinados fatores como a quantidade de informação no rótulo, a qualidade das substâncias em sua composição, a chance de causar irritabilidade, a hidratação, a proteção, a resistência à água e sua textura. Somente três marcas, L ‘ Oréal Solar Expertise, Cenoura & Bronze e o Hélioblock da La Roche-Posay, não contêm o benzophenone-3.

Os produtos, entre eles Nivea e Sundown, perdem até 50% do FPS (fator de proteção aos raios UVB, responsáveis pelo câncer de pele) quando expostos a uma hora de sol. No teste de fotoinstabilidade, o FPS dos produtos foi medido antes e depois da exposição a uma temperatura de 40ºC. As marcas Avon, La Roche-Posay, Banana Boat e Sundown também foram reprovadas.

Alguns produtos, como o da Nívea, perderam 50% do seu FPS. Após uma hora de uso, eles caíam para FPS 15. O segundo pior foi o La Roche Posay, que manteve só 62% de sua proteção indicada no rótulo. O Coppertone declarou um fator de proteção (30), maior do que o medido (25). Todos as embalagens mencionavam resistência à água, mas após imersão de meia hora, a proteção do produto da Natura caiu para 30% do FPS inicial, por exemplo. O Sundown caiu para 55%.

A presença de substâncias bloqueadoras dos raios UVA - que têm incidência constante durante o dia todo - é indicada nos rótulos dos 10 produtos. Mas só três embalagens mostram o grau de proteção: Cenoura & Bronze, L"Oréal Solar Expertise e Natura Fotoequilibrio.

Não há regulamentação no Brasil que obrigue a presença de substâncias bloqueadoras dos raios UVA, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Apesar disso, os produtos devem oferecer no mínimo um terço do FPS em proteção UVA.

Veja o teste na íntegra clicando aqui.

Um comentário:

Regina Farias disse...

Edilson
Depois que a gente passa anos usando essas porcarias, resolvem fazer esses tais testes.
Sem querer ser paranoica, não parece proposital?
Quem manda a gente ser desinformada, né?
Ainda bem que existe o protetor FOREVER ALOE SUNSCREEN que não se aproveita da ignorância da grande maioria das pessoas.
Abs...

Postar um comentário