Recife (PE), Brasil

domingo, 13 de dezembro de 2009

Saúde e Esportes: Andar ou Correr?

A matéria abaixo foi publicada na Revista Proteste de dezembro/2009, e foi com base nela que cheguei à conclusão que, por ora, o melhor para mim é caminhar (em ritmo forte) que correr, pelo menos até que eu esteja com condicionamento físico adequado para correr sem que minha frequência cardíaca atinja limites acima do recomendável:

EXERCÍCIOS AERÓBICOS

Entre andar ou correr, o importante é observar sua frequência cardíaca.


Se você quer emagrecer a anda se acabando de tanto correr na esteira ou no calçadão, pode estar praticando o exercício errado para o seu objetivo. Para eliminar gorduras, exercícios aeróbicos de intensidade moderada podem ser muito mais eficazes. Estudos mostraram que a taxa da oxidação de gordura é maior durante atividade moderada. Durante o exercício de alta intensidade, a taxa de utilização da gordura cai por causa de um aumento de compostos metabólicos que suprimem o metabolismo da gordura.

O organismo humano é como um carro flex: funciona com vários tipos de combustível. Sendo que seus principais combustíveis são a gordura e os carboidratos, e a contribuição que cada um desses dá à mistura de combustível no organismo depende da intensidade do exercício. Quanto maior a intensidade, menor é a contribuição da gordura. Mas, para emagrecer, o gasto calórico total é o mais importante.

Assim, especialistas advertem que o fator a ser levado em consideração não é "correr ou andar?", e sim a frequência cardíacada que você atinge durante o exercício. A melhor frequência cardíaca para obtenção de melhores restultados, tanto para a saúde quanto para o gasto calórico, é de 75% da frequência cardíaca máxima.

Só lembrando, uma forma simples de calcular a frequência cardíaca máxima (FCM) é por meio da fórmula 220-idade (subtrair a idade de 220). Outra fórmula considerada mais atual e mais completa é 208-(idade*0,7), pois relativiza a influência da idade.
Mas não se deve correr no limite, isto é, atingindo a FCM. Deve-se praticar exercício em um ritmo mais confortável, entre 65 e 85% da  FCM. No meu caso: entre 114 e 150.

Nenhum comentário:

Postar um comentário