Recife (PE), Brasil

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Copa do Mundo: O discípulo copia o mestre. Será?

Repasso artigo escrito pelo amigo Antonio Coelho, e publicado no blog do Juca Kfouri.

Mais uma tentativa de previsão baseada em coincidências históricas, mas criativa e espirituosa, como de praxe do ACoelhoF:

O discípulo copia o mestre


11 de julho de 2010

Carlos Caetano Verri, o Dunga, copiou outro Carlos, Carlos Alberto Parreira.

Em 1994, no primeiro jogo, o Brasil faz dois gols e vence um país por décadas comunista. Em 2010, no primeiro jogo, o Brasil faz dois gols e vence um país por décadas comunista.

Em 1994, no segundo jogo, o Brasil faz três gols e vence um país africano. Em 2010, no segundo jogo, o Brasil faz três gols e vence um país africano.

Em 1994, no terceiro jogo, já classificado, o Brasil empata com uma seleção europeia, que também se classifica. Em 2010, no terceiro jogo, já classificado, o Brasil empata com uma seleção europeia, que também se classifica.

Em 1994, nas oitavas de final, o Brasil vence uma seleção da América sem tradição. Em 2010, nas oitavas de final, o Brasil vence uma seleção da América sem tradição.

Em 1994, nas quartas de final, o Brasil vence a Holanda. Em 2010, nas quartas de final, o Brasil vence a Holanda.

Em 1994, o Brasil enfrenta uma seleção que surpreendeu ao chegar às semifinais. Em 2010, o Brasil enfrenta uma seleção que surpreendeu ao chegar às semifinais.

Em 1994, na final, o Brasil enfrenta uma seleção com tradição, que já tinha sido campeã mundial. Em 2010, na final, o Brasil enfrenta uma seleção com tradição, que já tinha sido campeã mundial.

Em 1994, o capitão da seleção brasileira ergue a taça e a xinga. Em 2010, o capitão da seleção brasileira beija a taça e a ergue.

acoelhof

PS: Enviei para o blog de Juca Kfouri. Ele, gentilmente, publicou. http://blogdojuca.uol.com.br/2010/06/o-discipulo-copia-o-mestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário