Recife (PE), Brasil

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Pobres migram para classes mais altas mesmo com crise, diz FGV

De acordo com com dados divulgados na quarta-feira, 11/02, pela FGV, 8% dessas pessoas migraram para classes de rendimento mais alto durante 2008

11 Fev 2009 - 13h47min

A quantidade de pessoas consideradas pobres continua caindo mesmo mesmo com o agravamento da crise financeira internacional.
De acordo com com dados divulgados nesta quarta-feira, 11, pela FGV, 8% dessas pessoas migraram para classes de rendimento mais alto durante 2008.
Além disso, a classe média-emergente continua crescendo nas seis principais metrópoles do país.
Em dezembro de 2008, estavam incluídos 53,8% da população. Esse percentual era 51,8% no mesmo período de 2007.
O coordenador da pesquisa, Marcelo Neri indicou as políticas públicas como fator determinante para esse quadro.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário