Recife (PE), Brasil

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Dilma veta empréstimo de R$ 230 milhões e complica Copa do Mundo em Pernambuco

Da Revista Algo Mais:

Dilma veta empréstimo de R$ 230 milhões e complica Copa do Mundo em Pernambuco
O secretário de Controle e Desenvolvimento de Obras do Recife, Amir Schvartz, revelou no dia de hoje, no Senado, em Brasília, que a presidente da República, Dilma Rousseff, vetou um empréstimo de R$ 230 milhões que seria feito pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB) para as obras em Recife. O secretário disse que a linha de crédito já havia sido aprovada por todas as instâncias e que o veto precisa ser explicado, pois caso contrário será preciso procurar outro agente financeiro.
- Estávamos contando com esses recursos. As principais obras de infra-estrutura estão dependendo da nossa rapidez em licitar e contratar. Se fizermos tudo no segundo semestre desse ano, as obras para a Copa de 2014 estarão prontas. Para a Copa das Confederações, nem todas estarão prontas, mas não precisam estar todas prontas. A determinação do governador Eduardo Campos é executar todas as obras nem que seja com dinheiro do estado – afirmou.
O secretário extraordinário da Copa do Mundo do Estado de Pernambuco, Sílvio Bompastor, disse que a principal obra é a chamada Via Mangue, que circunda uma área de 300 hectares de mangue dentro da capital pernambucana. Ele assinalou que 1.200 famílias que residem em palafitas na área limítrofe ao mangue estão sendo realocadas em conjuntos habitacionais em construção. O secretário garantiu que a obra, iniciada neste mês, estará concluída em 30 meses.
Bompastor também relatou que mais duas pontes estão sendo construídas sobre o rio Capiberibe e que, em relação à mobilidade urbana para acesso à Cidade da Copa, está sendo aplicado o conceito de vias radiais e perimetrais, em conjunto com as linhas de metrô já existentes. Além disso, afirmou, uma nova estação de metrô – chamada Cosme e Damião – está sendo construída, o abastecimento de energia elétrica e de gás natural já está garantido e nove novos hotéis estão sendo erguidos, adicionando mais sete mil leitos à cidade.
Da Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário