Recife (PE), Brasil

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Saúde e Esportes: Academia das Cidades será exportada para os EUA


Noticia postada em 05.11.2009 às 10h30 - Revista Algo Mais


Modelo da Academia das Cidades será exportado para os Estados Unidos

Por: Da Redação do pe360graus.com

O projeto Academia das Cidades, criado no Recife em 2002, servirá de modelo nos Estados Unidos. Após ser expandido para outras cidades pernambucanas, o programa que oferece atividades de esporte e lazer gratuitas será reproduzido em San Diego, na Califórnia, por iniciativa do Centro de Controle e Prevenção de Doenças Americano (CDC).

Essa é a primeira vez que um projeto de saúde pública brasileiro vai ser exportado para os EUA. O investimento no projeto em San Diego será de US$ 1,1 milhão, no espaço de três anos. A idéia é que no ano que vem sejam feitas adaptações americanas ao programa e a previsão é que até em 2011 as obras sejam iniciadas. Ainda não estão definidas quantas Academias serão construídas nos Estados Unidos.

O programa ganhou notoriedade internacional depois que foi divulgada pesquisa elaborada pelo próprio CDC sobre a eficiência do projeto. Durante quatro anos, o Centro de Controle de Doenças investiu em estudos sobre atividade física e promoção da saúde, buscando evidências de projetos brasileiros que trabalhassem a promoção da saúde com atividades físicas, entre eles o da Academia das Cidades, em Recife.

Entre outras coisas, o estudo constatou a aprovação de 80% do programa e um incremento na atividade física dos usuários e ex-usuários do programa, o que rendeu publicação de artigo científico no jornal mais importante de Saúde Pública dos Estados Unidos, o Jornal Americano de Saúde Pública (American Journal of Public Health).

PESQUISA
A pesquisa do CDC também será ampliada para o programa em âmbito estadual. Vai ser realizado um estudo de Avaliação de Impacto, em parceria entre o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) e do Ministério da Saúde. Aidéia é que, até 2010, cada município do Estado tenha uma Academia das Cidades.
Até agora, 119 academias estão sendo implantadas no Estado, entre aquelas que estão em obras (31), em funcionamento (11) e as que tiveram os recursos liberados (59). A pesquisa será realizada em municípios que estejam com o programa em três níveis: em funcionamento, não implantado e em vias de implantação, para avaliar o impacto do projeto nas cidades beneficiadas e observada a incidência da atividade física populacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário